• Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • Ícone do Youtube Preto

Lapso ou recaída?


É muito comum o fumante parar de fumar e depois de dias ou até mesmo horas acender mais um cigarrinho...


"Deixar de fumar" e "voltar a fumar" é, na verdade, comum. Muitos não resistem à abstinência e decidem "fumar só mais um". Até ai, tudo bem. O fumante precisa, em média, de três tentativas para, de fato, conseguir se livrar da dependência da nicotina.


Mas o problema é que por ter "fumado só mais um" o fumante acredita que tudo foi perdido, que todo o esforço que havia feito até aquele momento foi por água abaixo e desiste de parar de fumar, acreditando que não é capaz, que não é forte o suficiente, que não tem força de vontade ou que não está na hora para ele. Acredita que não deu certo, que tentou parar, mas não deu certo e "recaiu".


Mas não é bem assim. O fumante teve um lapso e não uma recaída.


Fumar um ou alguns poucos cigarros não significa recaída e sim um lapso. Lapso, aqui, tem o significado de falha, de falta de atenção, de um descuido. O fumante pode retomar a decisão de parar de fumar a partir do ponto em que estava antes do lapso acontecer.


Já a recaída acontece quando o fumante volta a consumir a mesma quantidade de cigarro (1 maço por dia, por exemplo), no mesmo padrão, isto é, nas mesmas situações (logo após acordar ou ao falar ao telefone, por exemplo) e pelos mesmos motivos (baixar ansiedade, relaxar, etc).


Veja os quadros abaixo:




Não deixe o lapso virar uma recaída:

  • Tente entender e porquê se deu o lapso - aprenda com ele

  • Retome a decisão de parar de fumar, se necessário busque ajuda

Lembre-se sempre: É mais fácil voltar a tentar parar de fumar após um cigarro do que após um maço. Não desista!

10 visualizações

Caminhos Possíveis - Comércio e Serviços Ltda ME

CNPJ:04.534.283/0001-02